domingo, 26 de setembro de 2010

DAR E AMAR



Dar não é fazer amor. Dar é dar.

Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.

Mas dar é bom pra cacete.

Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...

Te chama de nomes que eu não escreveria...

Não te vira com delicadeza...

Não sente vergonha de ritmos animais.



Dar é bom.

Melhor do que dar, só dar por dar.

Dar sem querer casar....

Sem querer apresentar pra mãe...

Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.

Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...

Te amolece o gingado...

Te molha o instinto.

Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.

Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar

amanhã, ou depois de amanhã.

Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.

Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir

carinhos, sem esperar ouvir futuro.

Dar é bom, na hora. Durante um mês. Para os mais

desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.



Dar é não ganhar.

É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.

É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te

abduzir.

É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe,

pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: "Que que cê acha

amor?".

É não ter companhia garantida para viajar.

É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.



Dar é não querer dormir encaixadinho...

É não ter alguém para ouvir seus dengos...

Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao

amor.

Esse sim é o maior tesão.

Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você

flutuar

Experimente ser amado...


( Luiz Fernando Veríssimo )

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Ciclo da Vida


A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.

Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.

Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?


Charles Chaplin

domingo, 11 de julho de 2010

Atire a Primeira Flor


Quando tudo for pedra,
atire a primeira flor;
Quando tudo parecer caminhar errado,
seja você a tentar o primeiro passo certo;

Se tudo parecer escuro,
se nada puder ser visto,
acenda você a primeira luz,
traga para a treva, você primeiro,
a pequena lâmpada;

Quando todos estiverem chorando,
tente você o primeiro sorriso;
talvez não na forma de lábios sorridentes,
mas na de um coração que compreenda,
de braços que confortem;

Se a vida inteira for um imenso não,
não pare você na busca do primeiro sim,
ao qual tudo de positivo deverá seguir-se;

Quando ninguém souber coisa alguma,
e você souber um pouquinho,
seja o primeiro a ensinar,
começando por aprender você mesmo,
corrigindo-se a si mesmo;

Quando alguém estiver angustiado
à procura, consulte bem o que se passa,
talvez seja em busca de você mesmo
que este seu irmão esteja;

Daí, portanto,
o seu deve ser o primeiro a aparecer,
o primeiro a mostrar-se,
primeiro que pode ser o único e,
mais sério ainda, talvez o último;

Quando a terra estiver seca,
que sua mão seja a primeira a regá-la;

Quando a flor se sufocar na urze e no espinho,
que sua mão seja a primeira a separar o joio,
a arrancar a praga, a afagar a pétala,
a acariciar a flor;

Se a porta estiver fechada,
de você venha a primeira chave;
Se o vento sopra frio,
que o calor de sua lareira seja a primeira
proteção e primeiro abrigo.

Se o pão for apenas massa e não estiver cozido,
seja você o primeiro forno
para transformá-lo em alimento.

Não atire a primeira pedra em quem erra.
De acusadores o mundo está cheio;
nem, por outro lado, aplauda o erro;
dentro em pouco, a ovação será ensurdecedora;

Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu;
sua atenção primeiro para aquele que foi esquecido;
seja você o primeiro para aquele
que não tem ninguém;

Quando tudo for espinho,
atire a primeira flor;
seja o primeiro a mostrar que há caminho de volta,
compreendendo que o perdão regenera,
que a compreensão edifica,
que o auxílio possibilita,
que o entendimento reconstrói.

Atire você,
quando tudo for pedra,
a primeira e decisiva flor.

(Glácia Daibert)

VENCEDOR OU PERDEDOR?

O vencedor é sempre parte da solução; O perdedor é sempre parte do problema;
O vencedor sempre tem um plano; O perdedor sempre tem uma desculpa;
O vencedor diz: "deixe-me ajudá-lo";
O perdedor diz: "este não é o meu trabalho";
O vencedor vê uma resposta para todo problema; O perdedor vê um problema em toda resposta;
O vencedor vê sempre uma luz no meio da escuridão; O perdedor vê sempre escuridão no meio de toda luz;
O vencedor diz: "é difícil mas é possível'; O perdedor diz: 'pode ser possível mas é muito difícil'.
Quando um vencedor comete um erro, diz: "Eu errei!" Quando um perdedor comete um erro, diz: "Não foi minha culpa."
Um vencedor trabalha duro e tem mais tempo. Um perdedor está sempre "muito ocupado" para fazer o que é necessário.
Um vencedor enfrenta e supera o problema. Um perdedor dá voltas e nunca consegue resolvê-lo.
Um vencedor se compromete. Um perdedor faz promessas.
Um vencedor diz: "Eu sou bom, porém não tão bom como gostaria de ser." Um perdedor diz: "Eu não sou tão ruim como tantos outros."
Um vencedor escuta, compreende e responde. Um perdedor somente espera uma oportunidade para falar.
Um vencedor respeita aqueles que são superiores a ele e trata de aprender algo com eles. Um perdedor resiste àqueles que são superiores a ele e trata de encontrar seus defeitos.
Um vencedor se sente responsável por algo mais do que somente o seu trabalho. Um perdedor não colabora e sempre diz: "Eu somente faço o meu trabalho."
Um vencedor diz: "Deve haver melhor forma de fazê-lo ..." Um perdedor diz: "Esta é a maneira que sempre fizemos."
Um Vencedor tem vontade de acertar Um Perdedor tem medo de errar.
Um Vencedor vai direto ao problema. Um Perdedor evita o problema e nunca ultrapassa.
Um Vencedor discute as oportunidades. Um Perdedor lamenta-se de problemas.
Um Vencedor aceita com alegria os riscos para enfrentar o desafio. Um Perdedor não aceita riscos.
Um Vencedor assume compromissos. Um Perdedor faz promessas.
Um Vencedor tem planos e metas que podem ser medidas. Um Perdedor detesta ser medido.
Um Vencedor mantém registros e estatísticas. Um Perdedor detesta estatísticas.
Um Vencedor estabelece metas diariamente. Um Perdedor ignora o que são metas.
Um Vencedor ouve e aprende. Um Perdedor fala a respeito daquilo que pretende fazer.
Um Vencedor repete comportamento que funciona e evita os que não funcionam. Um Perdedor repete um comportamento somente porque é confortável.
Um Vencedor é extremamente leal Um Perdedor não sabe o significado de lealdade.
Um Vencedor sabe porque luta e a que se compromete. Um Perdedor compromete-se com o que não deveria e luta pelo que não vale a pena.

Pense um pouco: afinal a que grupo você pertence?

Autor: Leonardo Delgado

Metáfora: A Pedra no Caminho


Conta-se a lenda de um rei que viveu num país além-mar há muitos anos. Ele era muito sábio e não poupava esforços para ensinar bons hábitos a seu povo. Freqüentemente fazia coisas que pareciam estranhas e inúteis; mas tudo que fazia era para ensinar o povo a ser trabalhador e cauteloso.
- Nada de bom pode vir a uma nação – dizia ele – cujo povo reclama e espera que outros resolvam seus problemas. Deus dá as coisas boas da vida a quem lida com os problemas por conta própria.
Uma noite, enquanto todos dormiam, ele pôs uma enorme pedra na estrada que passava pelo palácio. Depois foi se esconder atrás de uma cerca, e esperou para ver o que acontecia.
Primeiro veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes que ele levava para moagem na usina.
- Quem já viu tamanho descuido? – disse ele contrariadamente, enquanto desviava sua parelha e contornava a pedra. – Por que esses preguiçosos não mandam retirar essa pedra da estrada? – E continuou reclamando da inutilidade dos outros, mas sem ao menos tocar, ele próprio, na pedra.
Logo depois, um jovem soldado veio cantando pela estrada. A longa pluma do seu quepe ondulava na brisa, e uma espada reluzente pendia à sua cintura. Ele pensava na maravilhosa coragem que mostraria na guerra.
O soldado não viu a pedra, mas tropeçou nela e se estatelou no chão poeirento. Ergueu-se, sacudiu a poeira da roupa, pegou a espada e enfureceu-se com os preguiçosos que insensatamente haviam largado uma pedra imensa na estrada. Então, ele também se afastou, sem pensar uma única vez que ele próprio poderia retirar a pedra.
Assim correu o dia. Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra colocada na estrada, mas ninguém a tocava.
Finalmente, ao cair da noite, a filha do moleiro por lá passou. Era muito trabalhadora, e estava cansada, pois desde cedo andava ocupada no moinho.
Mas disse a si mesma: “Já está quase escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra à noite e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho.”
E tentou arrastar dali a pedra. Era muito pesada, mas a moça empurrou, e empurrou, e puxou, e inclinou, até que conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra.
Ergueu a caixa. Era pesada, pois estava cheia de alguma coisa. Havia na tampa os seguintes dizeres: “Esta caixa pertence a quem retirar a pedra.”
Ela abriu a caixa e descobriu que estava cheia de ouro.
A filha do moleiro foi para casa com o coração feliz. Quando o fazendeiro e o soldado e todos os outros ouviram o que havia ocorrido, juntaram-se em torna do local na estrada onde a pedra estava. Revolveram o pó da estrada com os pés, na esperança de encontrar um pedaço de ouro.
- Meus amigos – disse o rei – , com freqüência encontramos obstáculos e fardos no caminho.


Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção é normalmente o preço da preguiça.


Então o sábio rei montou em seu cavalo e com um delicado boa-noite retirou-se.

Do livro: O Livro das Virtudes II – O Compasso Moral

REFLEXÃO....


Deus costuma usar a solidão
Para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
Compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer
nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
Compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
Nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
Compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer
Nos mostrar a importância da vida.

Fernando Pessoa

Roda Viva...


“Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...

A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...”


( Chico Buarque )

A pessoa errada...na hora certa!!!!

A PESSOA ERRADA
Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia
e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas,
faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
que é pra na hora que vocês se encontrarem
a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo,
porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo!
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra
gente...

Luis Fernando Veríssimo

sexta-feira, 11 de junho de 2010

FELIZ DIA DOS NAMORADOS

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namoro de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.

Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas, namorado, mesmo, é muito difícil. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parruda, decidida ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição. Quem não tem namorado, não é que não tem um amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes, mesmo assim pode não ter um namorado.

Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho. Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa é quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz pacto de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugida ou impossível de durar.

Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas: de carinho escondido na hora em que passa o filme: de flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.

Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, fazer cesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor. Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira d'agua, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos e musical da Metro.

Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não chateia com o fato de o seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele. Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo, e quem tem medo de ser afetivo. Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e de medo, ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras, e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada, e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo da janela.

Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uam névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteira: Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. Enlou-cresça.

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 8 de junho de 2010

Perdas


Para quem perdeu alguma coisa irrecuperável,
que haja o ganho da redescoberta de si mesmo.
Uma nova visão sobre seus próprios dons.

Para os que perderam o poder de falar,
que encontrem o poder do olhar revelador,
que tudo fala sem nenhuma palavra,
ainda que expressem a dor…

Para os que perderam o poder de andar,
que encontrem a possibilidade de locomoverem-se,
seja com cadeira de rodas, pernas mecânicas, ou o que for,
é preciso encontrar antes de mais nada,
o desejo de não ficar parado, ser um lutador.

Para os que perderam alguém especial,
que descubram a eternidade da vida.
Não aquela promessa infantil de “paraíso” que nunca chega,
mas a certeza da continuidade e da marcha do progresso.
Da vida que nasce e renasce, como semente,
como mar, num indo e vindo infinito, permanente.

Para os que perderam a paz, um amor,
ou a própria esperança,
fica aqui um recado, uma lembrança:
Só perdemos o que ainda não conquistamos!
Quem conquista a paz jamais a perderá,
quem conquista um amor, jamais se apagará.
Por isso, não queira ter ou possuir algo,
conquiste, esforce-se pelo que deseja realmente,
e assim, descobrirá por fim, que a perda,
faz parte do processo da conquista permanente.

Só para reforçar:
perca tudo, menos a capacidade de amar.
Não desista de nada!


Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

terça-feira, 1 de junho de 2010

MENESTREL - William Shakespeare

'Nada mais frustrante do que pedir sorvete de sobremesa'


DUAS BOLAS, POR FAVOR - por Danuza Leão

Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir sorvete de sobremesa,contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido.
Uma só.
Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa.
Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

O sorvete é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano.
A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade.
A gente sai pra jantar, mas come pouco.
Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons.
conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres continua com pavor de ser rotulada de 'fácil').

Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta./

Tem vontade de ficar em casa vendo um dvd, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar./

E por aí vai.

Tantos deveres, tanta preocupação em 'acertar', tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação...
Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...

Às vezes dá vontade de fazer tudo “errado”.
Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos.
Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito.
Recusar prazeres incompletos e meias porções.

Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar várias bolas de sorvete, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado.

Um dia a gente cria juízo.
Um dia...
Não tem que ser agora.

Por isso, garçom, por favor, me traga: cinco bolas de sorvete de chocolate...
Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Voe mais alto!


Logo após a Segunda Guerra Mundial, m jovem e audacioso piloto inglês experimentava o seu
frágil monomotor numa arrojada aventura ao redor do mundo.
Pouco depois de levantar vôo de um dos pequenos e improvisados aeródromos da India, ouviu um estranho ruido que vinha de trás do seu assento.
Percebeu logo que havia um rato a bordo e que poderia, roendo a cobertura de lona,
destruir seu frágil avião.
Poderia voltar ao aeroporto para se livrar desse incômodo, perigoso e inesperado passageiro.
Lembrou-se contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas.
Voando cada vez mais alto, pouco a pouco cessaram os ruidos que quase colocaram
em perigo sua viagem.

Moral da História:

Se o ameaçarem destruir por inveja, calúnia ou maledicência...

Voe mais alto!

Se o criticarem sem razão...

Voe mais alto!

Se você sofre injustiças...

Voe mais alto!

Lembre-se de que
os "ratos" não resistem
a grandes alturas.

METADE

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio

Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção.

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também.

( Oswaldo Montenegro )

sábado, 15 de maio de 2010

Atire a Primeira Flor


Quando tudo parece caminhar errado,
seja você o primeiro passo certo.

Se tudo parece escuro, se nada puder ser visto,
acenda a primeira luz.

Traga para a treva, você primeiro,
a pequena lâmpada.

Quando todos estiverem chorando,
tente você o primeiro sorriso,
Não na forma de lábios ardentes,
Mas na de um coração que compreenda,
de braços que confortem.

Se a vida inteira for um imenso não,
parta você na busca do primeiro sim,
Ao qual tudo de positivo deverá seguir-se.

Quando ninguém souber coisa alguma,
é você mesmo, Corrigindo-se a si mesmo.

Quando alguém estiver angustiado na procura,
observe bem o que se passa.

Talvez seja em busca de você mesmo
que este seu irmão esteja.

Quando a terra estiver seca,
que sua mão seja a primeira a regá-la.

Quando a flor estiver murcha,
seja a primeira a separar o joio,
a arrancar a praga, a afastar a pétala, a acariciar a flor.

Se sua porta estiver fechada,
de você venha a primeira chave.

Se o vento sopra frio,
que seu calor humano seja a primeira proteção
e o primeiro abrigo.

Se o pão for apenas massa, e não estiver assado,
seja você o primeiro forno para transformá-lo em alimento.

Não atire a primeira pedra em quem erra,
de acusadores o mundo está cheio.

Nem, por outro lado, aplauda o erro.

Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu,
dê sua atenção primeiro para mostrar o caminho de volta,
compreendendo que o perdão regenera,
que é a compreensão edificada, que o possibilita,
e que o entendimento reconstrói.

Toda escada tem um degrau,
para baixo ou para o alto.

Toda estrada tem um primeiro passo,
para frente ou para trás.

Toda vida tem um primeiro gosto de existência ou de morte.

Atire pois, você, com ternura e vontade de entender,
quando tudo for pedra, a primeira e decisiva flor…

Castelo de Areia


Num dia de verão, estava na praia, observando duas crianças brincando na areia.
Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia, com torres, passarelas e passagens internas.
Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo à um monte de areia e espuma.
Achei que as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, mas tive uma surpresa.
Em vez de chorar, correram para a praia, fugindo da água, Sorrindo, de mãos dadas e começaram a construir outro castelo…
Compreendi que havia recebido uma importante lição:
Gastamos muito tempo de nossas vidas construindo alguma coisa.
E mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir o que levamos tanto tempo para construir.
Mas quando isso acontecer, somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar, será capaz de dar uma reviravolta !!!.

Tudo é feito de areia;

Só o que permanece é o nosso relacionamento com as outras pessoas.

Como as ostras




Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas.

Pérolas são produtos da dor, resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior das ostras, como um parasita ou um grão de areia.

Na parte interna da concha é encontrada uma substância chamada nácar.

Quando o grão de areia penetra as células do nácar, estas começam a trabalhar e a cobrir o grão com camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado,

uma linda pérola vai se formando ali no seu interior.

Uma ostra que nunca foi ferida nunca vai produzir pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

Você já se sentiu ferido pelas palavras rudes de alguém? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse? Suas idéias já foram rejeitadas ou mal interpretadas?

Já sentiu duros golpes de preconceito? Já recebeu o troco da indiferença?

Então, produziu uma pérola.

Cubra suas mágoas com várias camadas de amor.

Infelizmente, são poucas as pessoas que se interessam por esse tipo de sentimento.

A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos, deixando as feridas abertas, alimentando-as com sentimentos pequenos, não permitindo que cicatrizem.

Assim, na prática, o que vemos são muitas ‘ostras vazias’, não porque não tenham sido feridas, mas porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em amor.
Fabrique pérolas você também!

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Milho de Pipoca

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre.
Rubens Alves


Assim acontece com a gente.
As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.
Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.
São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa.
Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.
Mas, de repente, vem o fogo.
O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.
Pode ser fogo de fora:
perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre.
Pode ser fogo de dentro:
pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos.
Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo!
Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela,
lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou:
vai morrer.
Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma,
ela não pode imaginar um destino diferente para si.
Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela.
A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz.
Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece:
BUM!
E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente,
algo que ela mesma nunca havia sonhado.
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar.
São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.
Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.
No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira.

Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva.
Não vão dar alegria para ninguém.

Unidade


domingo, 9 de maio de 2010

Pela luz dos olhos teus

Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.

Vinícius de Moraes

Indescritível Amor


Quisera te contar,
quisera descrever este amor indescritível,
mas não posso, não posso...

Estou impregnada de ti corpo e alma.
Não há separação, há fusão.
Mistura que não se desfaz.

Amo, como jamais pensei ser capaz.
Onde eu começo, e onde termino?
Não sei, não há começo, não há fim.
Não sou mais dona de mim.
Rendo-me a ti,
senhor de mim!
Me tocas, e tocas toda minha essência.
Me beijas, e me transportas.
Abro todas as portas e adentras em mim
Me penetras, e eu sou total doação!
Quem sou?
Não sei, não há descrição...
Sou amor,
amor sem definição.
Meu céu, é tua chegada.
Meu inferno, é tua despedida.

Cora Maria

País Tropical ( Jorge Benjor )


Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)

Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza

"Sambaby", "Sambaby"
Sou um menino de mentalidade mediana (Pois é)
Mas assim mesmo, feliz da vida pois eu não devo nada a ninguém (Pois é)
Pois eu sou feliz, muito feliz comigo mesmo...

Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)

Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza

"Sambaby", "Sambaby"
Eu posso não ser um Band Leader (Pois é)
Mas assim mesmo, lá em casa todos meus amigos, meus camaradinhas me respeitam (Pois é)
Essa é a razão da simpatia, do poder do algo mais e da alegria...

Moro...
Num país tropical,
Abençoado por Deus
E bonito por natureza (Mas que beleza!)

Em fevereiro (Em fevereiro)
Tem carnaval (Tem carnaval)
Eu tenho um fusca e um violão,
Sou Flamengo e tenho uma nêga chamada Tereza...

"Mor...
No patropi,
Abençoá por Dê
E boni por naturê (Mas que Belê!)"

"Em feverê (Em feverê)
Tem carná (Tem carná)
Eu tenho um fuca um vió
Sou flamen e tenho uma nêga chamá Terê
Do meu Brasil"

quarta-feira, 28 de abril de 2010

A pessoa errada


Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia
e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas,
faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
que é pra na hora que vocês se encontrarem
a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo,
porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo!
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra
gente...

Luis Fernando Veríssimo

Amar


Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direcção.
( Antoine de Saint-Exupéry )

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Amar é

Amar é

Amar é uma coisa especial, não é um vem e vai...

Amar só acontece uma vez e nunca mais...

Amar e quando você pensa onde ele andará...

Amar é como um milagre difícil de explicar...

Amar é proteger teu corpo das forças do vento...

Amar é te abraçar aos poucos e esquecer do tempo...

Amar é sempre que te ver sentir um frio por dentro...

Amar é viver e perceber teu sentimento...

Amar é quando escrevo meu nome no céu dos teus beijos...

Amar é quando te ver não acreditar em meus olhos...

Amar por minha cabeça e dormir no teu colo...

Por amor roubaria uma estrela então eu te daria...

Por amor eu cruzaria os mares para te Ter por um dia...

Por amor juntaria a chuva com o fogo...

Por amor lhe daria a vida mil vezes de novo...

(Sheila Licht de Araujo) 10/07/02

Que sentimento é esse?


Que sentimento é esse?
que nos transforma e nos modifica
que nos acalenta e nos enlouquece
que provoca alegria
e tristeza.
Que sentimento é esse?
que nos dilacera e nos completa
que nos traz agonia e nos atormenta
que nos faz chorar
e nos faz sorrir.
Que sentimento é esse?
que nos mata e nos dá vida
que nos torna criança e mulher
que nos dá paz
e nos desespera.
Que sentimento é esse?
que nos emociona e nos tortura
que nos faz perder a razão e nos conforta
que nos faz beber o néctar
e nos maltrata.
Que sentimento é esse?
que nos torna insana e sensível
que nos torna insegura e prudente
que nos angustia
e nos envolve.
Que sentimento é esse?
que nos traz felicidade e erotismo
que nos excita e nos acalma
que nos emociona
e nos faz sonhar.
Que sentimento é esse?
que nos faz caminhar
com passos firmes e incertos
que nos liberta
e nos aprisiona.
Que sentimento é esse?
que nos fragiliza e nos fortalece
que nos torna egoísta e ponderada
que nos une
e nos destrói.
Que sentimento é esse
ininteligível, antagônico e fantástico
que a luta incessante de forças contrárias o faz existir?

Que sentimento é esse..!!!!

terça-feira, 13 de abril de 2010

Hoje é o dia do Beijo. Você já deu o seu?


O contato com cada parte do corpo humano pode ter um significado especial. O ato de tocar os lábios em alguém ou em outra coisa dá-se o nome de beijo. Observando de uma maneira fria, esquecemos-nos que o beijo pode representar um simples cumprimento ou expressar uma ardente paixão, uma forma de agradecimento ou simbolizar uma conquista; como um sinal de recompensa para o mocinho, que lutou contra o vilão para chegar vivo ao final do filme e beijar a mocinha. Assim, também faz o atleta que beija medalha da conquista.
Em todos estes casos, o beijo serve como termômetro para medir o grau de afeto entre duas pessoas. Isso pode ser verificado em casais que, depois de muito anos de relacionamento, perdem o interesse um pelo outro e acabam deixando o beijo de lado. Se pensarmos que pessoas que não se conhecem e as prostitutas não se deixam beijar, podemos dizer que a intimidade entre as pessoas também pode ser medida pelo beijo.
Verdade é que o beijo, além de termómetro, pode ser considerado um exercício de alto esforço, que chega a queimar 12 calorias por minuto, movimenta, só na face, 29 músculos e pode dobrar o batimento do cardíaco, mexendo com os cinco sentidos: paladar, audição, visão, tato e olfato. Para completar a excitação de tantos sentidos, a região da boca só perde em sensibilidade para a glande e o clitóris.

26 FATOS SOBRE O BEIJO

1) Os Hershey’s Kisses têm este nome porque a máquina que os fabrica parece beijar a esteira transportadora ao depositar o chocolate.
2) Metade das pessoas tem o seu primeiro beijo amoroso antes dos 14 anos de idade.
3) Os corpos das pessoas, enquanto ocorre o beijo, produzem substâncias 200 vezes mais poderosas do que a morfina em termos de efeito narcótico. É por isso que um casal pode sentir euforia ou êxtase durante um beijo.
4) ‘Beijo de borboleta’ é o nome dado a uma espécie infantil de beijo onde se esfrega suavemente os cílios no nariz ou bochechas de outra pessoa, com o movimento da pálpebra.
5) O beijo de língua é chamado de “união de almas” na França. Comumente os franceses são atribuídos pela invenção deste tipo de beijo.
6) O prazer do beijo pode estar ligado ao fato do tato labial ser duzentas vezes mais sensível do que o tato nos dedos.
7) Uma mulher beija uma média de 80 homens antes de casar, de acordo com estatísticas estado-unidenses.
8) Estudos indicam que 66% das pessoas mantêm os olhos fechados enquanto beija. O restante sente prazer em observar a miríade de emoções no rosto do parceiro (a).
9) Nos tempos medievais os beijos eram levados a sério. Se um casal era pego “nos agarros” poderia ser forçado a casar.
10) Beijar em público não é bem visto no Japão, Taiwan, China e Coréias. Os beijos japoneses típicos são ‘beijocas’ para nós e parecem ter sido criados para censurar a ‘perda da moral’ do ocidente. Um casal japonês deve manter certa distância antes de se curvarem de ousar se curvar para encostarem os lábios por um segundo.
11) Em alguns locais ou certas ocasiões beijar é crime. Nos EUA, no estado de Indiana, é ilegal que um homem de bigode “beije habitualmente seres humanos”, na cidade de Hart Ford, Connecticut, é ilegal que um marido beije a esposa no domingo.
12) O beijo mais longo durou 31 horas e foi realizado para um programa de televisão chamado “Ricki Lake” em 2002, na cidade de New Jersey.
13) A palavra ‘ósculo’ é sinônima de ‘beijo’ em português. A palavra é originada do latim ‘osculum’, que significa ‘boca pequena’, ou seja, o movimento feito com os lábios no momento do beijo.
14) Em algumas tribos africanas se presta homenagem ao chefe ao beijar o chão por onde ele passou.
15) Nos EUA os beijos nas bochechas só são dados por pessoas íntimas e não é o cumprimento padrão como no Brasil ou na Europa.
16) A etiqueta vitoriana exigia que o homem se curvasse para beijar a mão das damas.
17) Na Rússia, o maior sinal de reconhecimento era um beijo do Czar.
18) Os antigos romanos beijavam uns aos outros nos olhos ou na boca como cumprimento.
19) Mas ao contrário da crença popular os esquimós não apenas esfregam os narizes uns contra os outros para mostrar afeto e amor. Assim que os narizes se encontram eles abrem um pouco suas bocas. Em seguida eles inspiram profundamente e solta o ar pelo nariz, com os lábios cerrados. Depois de saborear os aromas uns dos outros, os parceiros pressionam o nariz contra as bochechas uns dos outros e ficam parados nessa posição por um ou dois minutos.
20) Uma pessoa comum passa 20.160 minutos (14 dias) da sua vida beijando.
21) Estima-se que os homens que beijam suas esposas ao se despedir, antes de sair de casa, vivem cinco anos mais e ganham salários maiores do que aqueles que apenas batem a porta. Os homens da última categoria também tendem a sofrer mais acidentes de trânsito.
22) Beijar ajuda a prevenir contra cáries, pois aumenta a produção de saliva que colabora na limpeza da boca.
23) Quem beija troca saliva contendo diversas substâncias como gordura, sais minerais, proteína, etc. A troca destas substâncias pode incentivar a produção de anticorpos pela sua relação com antígenos associados a diferentes doenças.
24) Um beijo romântico rápido queima entre uma e três calorias. Um beijo de boca aberta com contato de língua de curta duração pode queimar cinco calorias. Um beijo de um minuto pode gastar até 26 calorias. Isso é o dobro do gasto de uma corrida intensa, na subida.
25) Durante o ato do beijo você coloca 29 músculos faciais em movimento. Em outras palavras o beijo pode ser usado como exercício eficiente para prevenir o aparecimento de rugas.
26) Beijar ajuda a relaxar e a reduzir os efeitos do estresse.

sábado, 10 de abril de 2010

Quero


Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.

Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.


Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim...


Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível...


E que esse momento será inesquecível...


Só quero que meu sentimento seja valorizado.


Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre...


E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.


Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...


Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento...


Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe...


Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.

Mário Quintana

Me Beije


"NO MOMENTO EM QUE APENAS SOBRAR ENTRE NOS DOIS UM ESPAÇO NO TEMPO E O SILÊNCIO TOMAR CONTA DELE ME BEIJE POIS É EXATAMENTE NESTE MOMENTO QUE MEUS LABIOS IMPLORAM PRA ENCONTRAR OS TEUS"

Para pensar....


A vida nada pode lhe garantir.
Ela apenas lhe dá tempo para fazer
escolhas, assumir riscos
e descobrir os segredos escondidos
em seu caminho.
Se estiver disposto a aceitar
as oportunidades que lhe são dadas
e utilizar a capacidade que tem,
você sempre preencherá sua vida
com momentos especiais
e inesquecíveis.
Ninguém conhece os mistérios da vida,
nem seu significado definitivo,
mas, para aqueles que desejarem
acreditar em seus sonhos
e em si mesmos,
a vida é uma dádiva preciosa
na qual tudo é possível!!

Para se rouibar um coração......


Luiz Fernando Veríssimo

Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto,não se alcança o coração de alguém com pressa.

Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado.

Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.

Conquistar um coração de verdade dá trabalho,requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança.

É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.

Para se conquistar um coração definitivamentetem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.

Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes,que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.…e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele,vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.

Uma metade de alguém que será guiada por nóse o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.

Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria.

Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que?Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.

Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.… e é assim que se rouba um coração, fácil não?Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade,a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém… é simples…é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Dá-me um abraço


"Dá-me um abraço"

Miguel Gameiro


Dá-me um abraço que seja forte

e me conforte a cada canto

não digas nada

que nada é tanto

e eu não me importo

dá-me um abraço fica por perto

neste aperto tão pouco espaço

não quero mais nada, só o silêncio

do teu abraço

Ja me perdi sem rumo certo

já me venci pelo cansaço

e estando longe, estive tão perto

do teu abraço

dá-me um abraço que me desperte

e me aperte sem me apertar

que eu ja estou perto, abre os teus braços

quando eu chegar

é nesse abraço que eu descanso

esse espaço que me sossega

e quando passas dá-me outro abraço

só um não chega


Ja me perdi sem rumo certo

já me venci pelo cansaço

e estando longe, estive tão perto

do teu abraço

Amar e ser amado.....


“Amar e ser amado, é sentir o arrepio na espinha, é ficar mais bobo do que já se é, cantar, brincar, fazer poesia, ter o universo dentro de nós.

Amar e ser amado, é força, vida, emoção, misturadas a mansidão.
Amar e ser amado, é ver nossa alma nos olhos do ser amado”


Higor Coelho Bezerra - Palmas Tocantins

O QUE EU TAMBÉM NÃO ENTENDO


O Que Eu Também Não Entendo
Jota Quest

Essa não é mais uma carta de amor
São pensamentos soltos
Traduzidos em palavras
Prá que você possa entender
O que eu também não entendo...

Amar não é ter que ter
Sempre certeza
É aceitar que ninguém
É perfeito prá ninguém
É poder ser você mesmo
E não precisar fingir
É tentar esquecer
E não conseguir fugir, fugir

Sutilmente

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti
Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

domingo, 4 de abril de 2010

Beijo na chuva

Pra começar a semana muito bem, algumas fotos de beijos com chuva, não é uma delícia????




Pontes ou Cercas


Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito. Foi a primeira grande desavença em toda uma vida de trabalho lado a lado.
Mas agora tudo havia mudado. O que começou com um pequeno mal entendido,
finalmente explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio.
Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem à sua porta.
"Estou procurando trabalho. Sou carpinteiro. Talvez você tenha algum serviço para mim."
"Sim, disse o fazendeiro. Claro! Vê aquela fazenda ali, além do riacho? É do meu vizinho. Na realidade do meu irmão mais novo. Nós brigamos e não posso mais suportá-lo. Vê aquela pilha de madeira ali no celeiro? Pois use para construir uma cerca bem alta."
"Acho que entendo a situação, disse o carpinteiro. Mostre-me onde estão a pá e os pregos."
O irmão mais velho entregou o material e foi para a cidade.
O homem ficou ali cortando, medindo, trabalhando o dia inteiro.
Quando o fazendeiro chegou, não acreditou no que viu: em vez de cerca, uma ponte foi construída ali, ligando as duas margens do riacho. Era um belo trabalho, mas o fazendeiro ficou enfurecido e falou:
"Você foi atrevido construindo essa ponte depois de tudo que lhe contei."
Mas as surpresas não pararam ai. Ao olhar novamente para a ponte viu o seu irmão se aproximando de braços abertos. Por um instante permaneceu imóvel do seu lado do rio.
O irmão mais novo então falou:
"Você realmente foi muito amigo construindo esta ponte mesmo depois do que eu lhe disse."
De repente, num só impulso, o irmão mais velho correu na direção do outro e abraçaram-se, chorando no meio da ponte.
O carpinteiro que fez o trabalho, começou a fechar a sua caixa de ferramentas.
"Espere, fique conosco! Tenho outros trabalhos para você."
E o carpinteiro respondeu:
"Eu adoraria, mas tenho outras pontes a construir..."

Já pensou como as coisas seriam mais fáceis se parássemos de construir cercas e muros e passássemos a construir pontes com nossos familiares, amigos, colegas do trabalho e principalmente nossos inimigos...

Muitas vezes desistimos de quem amamos por causa de magoas e mal entendidos.


Vamos deixar isso de lado, ninguém é perfeito, mas alguém tem que dar o primeiro passo.

Construa pontes ao seu redor!

"O manejar da vela não consiste em que se deixe o barco, simplesmente, ser impulsionado pelo vento; a arte do marinheiro que tripula o barco veleiro consiste, pelo contrário, em saber utilizar a força do vento fazendo que oriente o barco em uma determinada direção, em saber inclusive, muitas vezes, navegar contra o vento"

Viktor Emil Frankl

AS MELHORES COISAS DA VIDA


sábado, 3 de abril de 2010

PÁSCOA

"Páscoa é o Recomeço, onde está em alta a certeza de um futuro repleto de realizações, espero que o Amor inunde o coração dos Homens..."

"Que o espírito da páscoa esteja conosco todos os dias do ano."


"Que, na Páscoa, nossa fé seja revigorada pela certeza de que Cristo ressuscitou e está entre nós!"

Um Passo Apenas

Não importa há quanto tempo você esteja andando para o Norte, com apenas um passo você é capaz de andar para o Sul.
O que é preciso para dar uma volta de 180o na sua vida?
Apenas um passo.
Você está apenas um passo de uma dieta mais equilibrada, a um passo de melhorar suas finanças pessoais, a um passo de ter um relacionamento mais gratificante
Daqui a um minuto, seus piores problemas podem estar todos atrás de você, ao invés de estarem na sua frente. Com apenas um passo, o melhor dia da sua vida pode ainda estar por vir, e não estar perdido em algum lugar do passado distante.
Num instante, todas as energias negativas na sua vida podem ser redirecionadas para alguma coisa positiva.
Apenas um passo é necessário para romper a inércia, e dar a sua vida o rumo que você realmente gostaria que ela tivesse.

( Ralph Marston )

O Morro dos Ventos Uivantes

Tributo a uma das mais belas histórias de amor de todos os tempos.


Só Hoje - Jota Quest

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir
Que te faça rir.
Hoje eu preciso te abraçar
Sentir teu cheiro de roupa limpa
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz.
Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria
Em estar vivo.
Hoje eu preciso tomar um café,
ouvindo você suspirar
Me dizendo que eu sou causador da tua insônia
Que eu faço tudo errado sempre,
Sempre.
Hoje preciso de você
Com qualquer humor,
com qualquer sorriso.
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje.

"EU TE AMO" NÃO DIZ TUDO! por Arnaldo Jabor

O cara diz que te ama, então tá! Ele te ama.
Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas.

Mas ouvir que é amado é uma coisa,sentir-se amado é outra, uma diferença de quilômetros.
A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras, precisa de lealdade, sinceridade, fidelidade...

Sentir-se amado, é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade,que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você quando for preciso.

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou há dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d'água.

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão....

Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro.

Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido.

Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.

Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora, sente-se e escute: Eu te amo não diz tudo!

" Me ame quando eu menos merecer, pois é quando eu mais preciso "

O Meu Amor


O meu amor tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca quando me beija a boca
A minha pele toda fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh'alma se sentir beijada

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo, ri do meu umbigo
E me crava os dentes

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que me deixa maluca, quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba mal feita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios, de me beijar os seios
Me beijar o ventre e me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo como se o meu corpo
Fosse a sua casa

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

( Chico Buarque )

DEIXA A VIDA DESPENTEAR-TE


Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie,
por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade…
O mundo é louco, definitivamente louco…

O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia…

- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar à pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível…

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos
eu vou estar com o cabelo bagunçado…
mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.


É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir

Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável,
toda arrumada por dentro e por fora,
O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:
Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça,
coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique seria…

e talvez deveria seguir as instruções, mas
quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita
eu tenho que me sentir bonita…
A pessoa mais bonita que posso ser!

O único que realmente importa é que ao olhar me ao espelho,
veja a mulher que devo ser.
Por isso,é minha recomendação a todas as pessoas:

Entregue-se, Coma coisas gostosas, Beije, Abrace,
dance, apaixone-se, relaxe, Viaje, pule,
durma tarde, acorde cedo, Corra,
Voe, Cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável,
Admire a paisagem, aproveite,

e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!!

Verbo Amar


Amor,
Essa palavra cara,
Que dão uso sem pensar,
Amor?
Amor não é só amar,
Não vem de fora
Nem de dentro
Amor é estar!

Não é paixão nem desejo
Amor é ser!
Amor é dar!
Não é o fogo que arde sem se ver!
Amor é rir!
Não é de sorte nem de azar!
Nem nasce à primeira vista!
Amor é pensar!
Convidar e conviver!
Amor é, e sempre será, amor!
Enquanto amar for dar valor!
Amor é plantar e ver crescer,
Sem nunca perder de vista!

É esperar e desesperar!
É ter e não poder tocar,
É ver e não olhar,
Amor é dar
Sem pensar em receber!
É não ir sem avisar,
Amor é vir sem perguntar,
Ficar e não voltar.
É dizer sem pensar
Sem mal-dizer.
Amor não é para,
É andar em linha recta
Sem destino onde chegar,
Sem um rumo a seguir,
Senão amar!

Amor é, gostar!
Discutir sem magoar,
Criticar sem ofender!
Amor é fazer sem pensar.
É querer e não poder,
É pensar em não querer
E só querer pensar!

Amor é não ter e procurar
Perder e encontrar.
Amor é guardar!
Escrever e recordar,
Reviver e repartir
Amor é acordar a rir!
É entrar e não sair,
Ouvir sem interromper,
Escutar e dar valor.
Amor… é ver!
É venerar!
Estar presente e adorar!
Amor é beijar, falar
E é também chorar!
Mas,

Haverá algo mais bonito que o verbo amar?


Morrer é preciso...Fernando Pessoa

SÁBADO DE ALELUIA

(...) " a palavra hebraica Aleluia – significa louvado seja Deus.

(...) É impossível não se deixar mover interiormente com a celebração da Páscoa! Se na sua origem ela representou a ação libertadora e salvadora de Deus junto ao povo de Israel, hoje por um motivo ainda maior, celebramos a obra redentora de Jesus Cristo. Assumindo nossa humanidade, Ele a dignificou e, morrendo por nossos pecados, ele nos resgatou do poder da morte para nos dar a cidadania celestial".

Extraído de um texto de Dom Eusébio Scheid, Arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro

Pintura: Rafael em "A Ressurreição de Cristo"

sexta-feira, 2 de abril de 2010


Deus nos dá as nozes. Mas não as quebra.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

SEXTA-FEIRA SANTA



A sexta-feira de paixão ou sexta-feira santa é o dia cristão que marca o julgamento, condenação, martírio, morte e sepultamento de Jesus Cristo. É na sexta-feira da paixão que Cristo percorre a Via Sacra que também é conhecida por muitos como Via Dolorosa. Ele carrega sua cruz até o Gólgota, onde é crucificado.
Depois de morto, seu corpo é descido da cruz e sepultado em uma gruta lacrada por uma grande pedra. Segundo a tradição cristã, a morte de Jesus é qualificada como Paixão, metaforicamente um ato de amor e de entrega. O silêncio, o jejum com base na abstinência de carne e a oração marcam este dia.
Desta forma segundo a tradição cristã na sexta-feira santa não se deve consumir carne vermelha. O tradicional é o consumo de peixe.

AS RAZÕES QUE O AMOR DESCONHECE


Você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes do Woody Allen, do Hal Hartley e do Tarantino, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem o seu valor. É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettuccine ao pesto é imbatível. Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desses, criatura, por que diabo está sem namorado?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim. Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta. O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar. Costuma ser despertado mais pelas flechas do Cupido do que por uma ficha limpa.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai ligar e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário, ele adora o Planet Hemp, que você não suporta. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado, mas você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita de boca, ele adora animais, ele escreve poemas. Por que você ama esse cara? Não pergunte pra mim.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou murchar, você levou-a para conhecer sua mãe e ela foi de blusa transparente. Você gosta de rock e ela de MPB, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina o Natal e ela detesta o Ano-Novo, nem no ódio vocês combinam. Então? Então que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são referências, só. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo o que o amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó. Mas só o seu amor consegue ser do jeito que ele é.

Martha Medeiros